Negocios

Rocio Higuera amante de la buena comida//
Servidores da limpeza homenageiam protetora

Wagner Souza/AAN

Procissóo exalta a imagem da Santa que foi achada em um antigo lixóo de Campinas há cerca de 52 anos

Aproximadamente 200 funcionários e prestadores de serviços da limpeza urbana de Campinas realizaram na tarde de ontem uma procissão em homenagem à Nossa Senhora Aparecida com uma imagem da Santa encontrada há 52 anos em um antigo lixão da cidade que ficava perto da Rodovia Campinas-Mogi Mirim. A procissão é feita desde 1972. Antigos funcionários atribuem à Santa o clima de harmonia nos serviços e o baixo índice de acidentes de trabalho. A imagem de Nossa Senhora Aparecida foi restaurada e colocada em uma pequena gruta na sede do Departamento de Limpeza Urbana (DLU), onde fica durante o ano todo. O gari Fábio Barbosa de Oliveira correu ao lado da imagem os 15 km e disse que faz isso há cinco anos. “Sou devoto de Nossa Senhora e me sinto abençoado fazendo esta homenagem e, ao mesmo tempo, considero como sendo um agradecimento à Santa“, afirmou. Ele disse que depois da procissão iria, ainda, fazer a coleta de lixo no período noturno. Maradona Outro gari, Diego Maradona da Silva, disse que esta é a segunda vez que participa da procissão. “Gosto de participar como sendo um momento de agradecimento e de fé. Depois, a santa me acompanha o ano inteiro”, afirmou. A imagem foi levada em uma picape a partir do aterro sanitário Delta A, na Estrada do Mão Branca, região do bairro Jardim São Caetano. Parte dos funcionários e prestadores de serviços da limpeza urbana da cidade seguiram correndo ao lado da imagem e outros seguiram dentro de aproximadamente 50 caminhões e carros. Mão Branca A procissão percorreu um trajeto de 15 km partindo pela Estrada do Mão Branca, seguindo depois pela Avenida John Boyd Dunlop até o Balão da Vila Teixeira. Depois, desceu pela Rua José Lisboa e pela Rua Cadete João Teixeira. Finalizou pelas vias Barão de Monte Alegre, Sales de Oliveira, São Carlos e Prefeito Faria Lima, na sede do DLU, no Parque Itália. Depois da chegada, houve uma missa, celebrada pelo padre Air José Mendonça, da Paróquia São José, na Vila Industrial, seguida por uma confraternização.